FANDOM


Henry Wu
JP-HenryWu
Aparições Jurassic Park
Jurassic World
Representado por B.D. Wong
Papel Geneticista Chefe
Nascimento 1956

Dr. Henry Wu é o geneticista que recriou os dinossauros. Ele é o engenheiro de genética da InGen.

Henry Wu era um dos personagens principais do livro, mas em Jurassic Park, o seu papel era menor. Ele terá uma participação maior em Jurassic World. Henry Wu também aparece em videogames onde os dinossauros são recriados.

História

Criando dinossauros

Henry Wu é um coreano americano de Ohio que possui um doutorado em genética. Ele é membro sênior do projeto da InGen para recriar dinossauros. Dr. Wu e a paleo-geneticista Dr. Laura Sorkin foram as melhores mentes no projeto.

Quando a equipe descobriu grandes quantidades de DNA de dinossauro, Dr. Wu propôs que poderiam começar a clonar dinossauros preenchendo as lacunas do genoma de dinossauro (DNA) com o DNA de espécies existentes. Laura Sorkin se opôs a essa ideia e queria adiar a clonagem até que recuperassem 100% do genoma de uma espécie. O conselho de investidores preferiu a abordagem de Wu, porque era mais rápida, mais fácil e mais barata. Assim, o conselho promoveu Dr. Wu a geneticista-chefe.

Wu decidiu usar o DNA de várias espécies de anfíbios, incluindo o sapo da cana (Hyperolius viridiflavus), para complementar o DNA de dinossauro.[1] O primeiro animal pré-histórico foi clonado em 1984. Wu também determinou algumas medidas de segurança. Os cromossomos de dinossauros foram projetados de tal forma que todos os animais fossem do sexo feminino, de modo que não poderiam se reproduzir. Ele também fez os dinossauros serem incapazes de produzir Lisina, de modo que morreriam sem os suplementos em sua alimentação.

Incidente na Ilha Nublar (1993)

Arquivo:Jurassic Park - A vida não pode ser controlada

Quando a equipe de aprovação visitou o laboratório do parque para ver o nascimento de um Velociraptor, Dr. Wu estava entre os cientistas no laboratório naquele momento. Ele se juntou ao grupo e respondeu às suas perguntas. Wu provavelmente evacuou a ilha em um barco durante a tempestade.

Wu voltou à ilha em novembro de 1994 como parte da operação para desconstruir o Jurassic Park.[1] Seu trabalho era catalogar números de espécimes e saber exatamente como os animais se reproduziam. Wu descobriu que o DNA anfíbio possibilitou que os animais mudassem de sexo por meio de um gatilho químico que desintegrou os órgãos femininos para criar órgãos sexuais masculinos.

Criando híbridos

Ingen pic1

Dr. Wu em frente a uma coleção de amostras de âmbar coletadas de várias minas operadas pela InGen localizadas em todo o mundo.

Wu continou a liderar a equipe de pesquisa enquanto a InGen lutava financeiramente. Os dinossauros reprodutores mostraram-lhe que não só o DNA de várias espécies podiam ser combinados, mas também suas características observáveis. Em 1995, ele escreveu um livro chamado "The Next Step: An Evolution of God’s Concepts" (O Próximo Passo: Uma Evolução dos Conceitos de Deus, em tradução livre). Nesse livro, ele propôs a hipótese de que ele poderia trazer novas espécies à vida ao combinar características de várias espécies.

Em 1997, Wu e sua equipe conseguiram criar um organismo híbrido. Eles haviam combinado o DNA de várias espécies de plantas para criar uma nova planta, Karacosis wutansis (ou Wu Flower). A criação dessa planta híbrida ganhou a atenção da mídia mundial.

Masrani

Em 1998, a Masrani Global Corporation adquiriu a InGen. O CEO Simon Masrani promoveu Dr. Wu em dezembro de 2000. Wu supervisionou a criação de novos dinossauros no Hammond Creation Lab para o novo parque Jurassic World. Ele e muitos outros cientistas da InGen estavam envolvidos na criação de Indominus rex.

Em novembro de 2014, a nov instalação da InGen chamada "Martel" foi aberta na Sibéria. O objetivo da Martel era extrair materiais orgânicos do período Pleistoceno, datados das eras do gelo. Ele mostrou animação com o projeto, acreditando que iria expandir a biblioteca de genomas da InGen, porém negou a especulação de que os materiais encontrados seriam usados para recriar animas da era Cenozóica no Jurassic World.

Em um artigo para uma revista científica que foi publicado por Wu em março 2015, ele apresentou um relatório sobre a possibilidade de utilizar a biblioteca de genomas da InGen para ajudar Medixal Health em sua pesquisa de doenças.

Incidente na Ilha Nublar (2015)

Após a fuga do Indominus, Masrani indagou Wu sobre a criação do animal. Wu não contou a Masrani que parte dele era Velociraptor, mas mencionou que tinha DNA de sépia e uma rã que pode mudar sua temperatura térmica na floresta tropical. Ele também lembrou Masrani que foi ele que pediu um dinossauro maior e "mais legal", mas Masrani acusou-o de criar um monstro no lugar. Wu, em seguida, afirma que "monstro" é um termo relativo entre um gato e um canário; eles estão acostumados a ser o gato.

Durante a evacuação, Vic Hoskins o fez evacuar com uma maleta repleta de embriões, provavelmente para criar mais dinossauros híbridos para fins militares.

Galeria

Links

Referências

  1. 1,0 1,1 InGen Technologies. Extraído de http://www.masraniglobal.com/about/divisions/ingen/index.html

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória